Logo Kaledo

Wellbeing: a chave para o engajamento e a produtividade dos colaboradores

Funcionários fazendo ginástica laboral no escritório.

Compartilhe:

Você já ouviu falar em wellbeing? Esse termo, que significa bem-estar em português, é cada vez mais usado no mundo corporativo para se referir ao estado de saúde física, mental e emocional dos colaboradores. 

Mas por que o wellbeing é tão importante para as empresas? E como aplicá-lo na rotina de trabalho? Neste artigo, você vai aprender seu conceito, quais são os seus benefícios para as organizações e os funcionários e como implementá-lo na sua empresa. Acompanhe!

O que é wellbeing?

Wellbeing — bem-estar em português — é um conceito que se refere ao bem-estar físico, mental e emocional das pessoas. Ele envolve aspectos como saúde, felicidade, satisfação, propósito e equilíbrio na vida pessoal e profissional.

Faz parte do wellness, mas não se limita a ele. Ele também depende de fatores externos, como o ambiente de trabalho, a cultura organizacional, o clima, a segurança, os benefícios, o reconhecimento e o desenvolvimento dos colaboradores.

O bem-estar dos colaboradores é um fator essencial para o sucesso das organizações, pois influencia o seu nível de engajamento, motivação, produtividade, criatividade e inovação. Além disso, ele reduz os custos com afastamentos, turnover e conflitos.

Saiba mais: Funcionário desmotivado: soluções para recuperar o engajamento no trabalho.

O que é wellness?

Wellness é um conceito que se refere ao bem-estar integral das pessoas, abrangendo as dimensões física, mental, emocional, social, espiritual e ambiental. Wellness é mais do que a ausência de doenças, é a busca por uma vida plena, equilibrada e saudável.

Está relacionado à forma como as pessoas se sentem em relação a si mesmas, ao seu trabalho, aos seus relacionamentos e ao seu propósito de vida. Ele envolve aspectos como autoestima, autoconhecimento, autocontrole, felicidade, satisfação, motivação e realização pessoal e profissional.

Também está ligado à forma como as pessoas interagem com o meio ambiente, respeitando os recursos naturais, contribuindo para a sustentabilidade e promovendo a harmonia entre o homem e a natureza.

Qual a diferença entre wellbeing e wellness?

Wellbeing e wellness são dois conceitos que se complementam, mas que não são sinônimos. Wellness é o bem-estar integral das pessoas, que abrange as dimensões física, mental, emocional, social, espiritual e ambiental. 

Wellbeing é o bem-estar físico, mental e emocional das pessoas, que envolve aspectos como saúde, felicidade, satisfação, propósito e equilíbrio na vida pessoal e profissional.

A diferença entre wellbeing e wellness é que o wellness é mais amplo e depende mais da responsabilidade individual das pessoas em buscar uma vida plena e saudável. 

Já o wellbeing é mais específico e depende mais de fatores externos, como o ambiente de trabalho, a cultura organizacional e os benefícios oferecidos pela empresa.

Portanto, para promover o wellbeing dos colaboradores, as empresas devem investir em ações que melhorem o seu ambiente de trabalho, a sua cultura organizacional e os seus benefícios. 

Já para promover o wellness dos colaboradores, as empresas devem incentivar as pessoas a cuidarem da sua saúde física, mental e emocional, por meio de programas de qualidade de vida, educação financeira, voluntariado, entre outros.

Por que o wellbeing é tão importante para as empresas?

Colegas de trabalho se divertindo e sorrindo.

O bem-estar dos colaboradores é um fator essencial para o sucesso das organizações. Estudos mostram que funcionários que se sentem bem consigo mesmos e com o seu trabalho são mais engajados, motivados, produtivos, criativos e inovadores. 

Além disso, eles têm menos chances de se ausentar por doenças, acidentes ou estresse, reduzindo os custos com afastamentos e turnover.

Segundo uma pesquisa da YouEarnedIt, empresas que investem no bem-estar dos seus colaboradores têm 81% mais probabilidade de terem clientes fiéis, 41% menos casos de absenteísmo, 43% mais receita por funcionário e 21% mais rentabilidade.

Como aplicar o wellbeing nas corporações?

Para promover o bem-estar dos colaboradores, as empresas devem adotar uma cultura que valorize a qualidade de vida, o reconhecimento, o desenvolvimento, a autonomia e o propósito dos funcionários. Algumas ações que podem ser implementadas são:

  • Oferecer um ambiente de trabalho seguro, confortável e estimulante, com espaços para descanso, lazer e interação;
  • Proporcionar benefícios flexíveis, que atendam às necessidades e preferências dos colaboradores, como plano de saúde, vale-alimentação, vale-cultura, auxílio-educação, horário flexível, home office etc;
  • Realizar pesquisas de clima organizacional, feedbacks contínuos e avaliações de desempenho, para identificar os pontos fortes e as oportunidades de melhoria dos colaboradores e da empresa;
  • Promover ações de capacitação, treinamento e desenvolvimento profissional, para que os colaboradores possam aprimorar suas competências e se preparar para novos desafios;
  • Estimular a participação dos colaboradores nas decisões estratégicas da empresa, dando voz às suas ideias, sugestões e opiniões;
  • Reconhecer e recompensar os colaboradores pelos seus resultados, esforços e contribuições para a empresa, por meio de elogios, premiações, bonificações, clube de vantagens etc;
  • Comunicar de forma clara e transparente os objetivos, as metas, as expectativas e os valores da empresa, para que os colaboradores saibam o que se espera deles e qual o impacto do seu trabalho na sociedade;
  • Incentivar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos colaboradores, respeitando os seus limites, as suas demandas familiares e os seus interesses pessoais.

Saiba mais: Pesquisa de clima organizacional: melhorando o ambiente de trabalho!

Quais as dicas para aplicar o wellbeing na rotina das empresas?

Colegas de trabalho reunidos em ambiente comum no escritório.

Para colocar em prática as ações de wellbeing nas empresas, é preciso ter planejamento, comprometimento e acompanhamento. Algumas dicas para facilitar esse processo são:

  • Definir um comitê de wellbeing na empresa, formado por representantes de diferentes áreas e níveis hierárquicos, que seja responsável por planejar, executar e monitorar as iniciativas de bem-estar dos colaboradores;
  • Realizar um diagnóstico do nível de wellbeing dos colaboradores na empresa, por meio de questionários, entrevistas ou dinâmicas, para identificar as suas necessidades, expectativas e insatisfações;
  • Estabelecer metas e indicadores de wellbeing na empresa, que sejam mensuráveis e alinhados aos objetivos estratégicos da organização;
  • Divulgar as ações de wellbeing na empresa para os colaboradores, por meio de canais internos de comunicação, como intranet, mural ou newsletter;
  • Engajar os líderes no processo de wellbeing na empresa, fazendo com que eles sejam exemplos e multiplicadores das boas práticas de bem-estar no trabalho;
  • Avaliar periodicamente os resultados das ações de wellbeing na empresa, por meio de pesquisas de satisfação, análise de dados ou depoimentos, para verificar o seu impacto e efetividade.

Como o wellbeing afeta a produtividade dos colaboradores?

Colegas de trabalho interagindo em local de trabalho.

O wellbeing afeta diretamente a produtividade dos colaboradores, pois influencia o seu nível de energia, disposição, concentração, criatividade e qualidade do trabalho. 

Quando os colaboradores se sentem bem, eles são capazes de realizar as suas tarefas com mais eficiência, rapidez e qualidade, gerando mais valor para a empresa e para os clientes.

Além disso, o wellbeing também afeta indiretamente a produtividade dos colaboradores, pois melhora o clima organizacional, o relacionamento interpessoal, a cooperação, a confiança e o comprometimento dos funcionários com a empresa. 

Isso faz com que os colaboradores se sintam parte de um time, que trabalha em prol de um propósito comum.

Qual o papel do RH nesse processo?

O RH tem um papel fundamental no processo de wellbeing na empresa, pois é o responsável por implementar e gerenciar as políticas, as práticas e os programas de bem-estar dos colaboradores. 

Ele deve atuar como um facilitador, um orientador e um parceiro dos colaboradores e dos líderes, oferecendo suporte, recursos e ferramentas para que eles possam cuidar da sua saúde física, mental e emocional.

Algumas das atribuições do RH nesse processo são:

  • Definir a estratégia, alinhada à missão, à visão e aos valores da organização;
  • Criar um plano de ação, com objetivos, metas, prazos e responsáveis;
  • Escolher os fornecedores e os parceiros, que ofereçam soluções de qualidade e adequadas às necessidades dos colaboradores;
  • Comunicar e sensibilizar os colaboradores e os líderes sobre a importância do wellbeing na empresa, por meio de campanhas, eventos, palestras, workshops etc;
  • Monitorar e avaliar os resultados das ações, por meio de indicadores, relatórios e feedbacks;
  • Reconhecer e celebrar os sucessos e as conquistas dos colaboradores e da empresa relacionados ao wellbeing.

Conclusão

Em suma, o wellbeing é vital para melhorar a produtividade, a satisfação dos funcionários e a retenção de talentos nas empresas. É uma cultura que visa promover a saúde e a felicidade no ambiente de trabalho. 

Trata-se de uma ferramenta poderosa, pois funcionários felizes tendem a oferecer um melhor atendimento ao cliente, contribuindo para a fidelização.

A Kaledo, com suas soluções de clube de vantagens, desempenha um papel crucial na implementação bem-sucedida do wellbeing nas empresas. 

Oferece flexibilidade e os programas de bem-estar necessários para atender às necessidades dos funcionários, contribuindo para um ambiente de trabalho saudável e engajado. 

Investir no wellbeing por meio da Kaledo é investir no sucesso futuro da empresa, lembrando que o sucesso começa com pessoas saudáveis e felizes. Gostou deste conteúdo? Então, veja como a saúde mental no trabalho influencia o ambiente corporativo!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar de:

0
Would love your thoughts, please comment.x