Logo Kaledo

Marketing de geolocalização: engajamento e segmentação por localização

mão apoiando um celular com imagens do Google Maps na tela.

Compartilhe:

O Marketing de Geolocalização é uma estratégia de marketing digital que utiliza a localização dos usuários para oferecer conteúdo, ofertas e experiências personalizadas. Ele permite que as empresas se comuniquem com os clientes de maneira mais relevante e eficiente, aumentando o engajamento e a fidelização.

A localização do público pode ser obtida por meio de diferentes tecnologias, como GPS, Wi-Fi, beacons Bluetooth e aplicativos móveis. Assim, as companhias identificam a posição geográfica dos consumidores e enviam mensagens específicas para cada região ou situação.

Neste texto, vamos explicar como essa tática funciona, quais são as suas vantagens e desvantagens, e como você pode aplicá-la nas suas estratégias de marketing digital. Acompanhe!

O que é marketing de geolocalização?

Conforme explicamos inicialmente, o marketing de geolocalização é uma estratégia que utiliza a localização dos usuários para oferecer conteúdo, ofertas e experiências personalizadas. Por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, é possível identificar a posição geográfica de um potencial cliente e enviar mensagens ou anúncios relevantes para ele. 

Essa técnica permite segmentar o público-alvo de acordo com o seu comportamento, preferências e necessidades, aumentando as chances de conversão e fidelização. 

Como utilizar o marketing de geolocalização para melhorar o engajamento?

gestora planeja a estratégia de marketing de geolocalização em seu notebook.

O marketing de geolocalização é uma forma de aproveitar o potencial dos dispositivos móveis para se comunicar com os usuários no momento e no lugar certos, aumentando as chances de gerar engajamento e fidelização. Nesse sentido, ele pode ser usado para diversos objetivos, como:

  • aumentar o tráfego nas lojas físicas, enviando ofertas e descontos exclusivos para os usuários que estão próximos ou dentro de uma determinada área;
  • melhorar a experiência do cliente, oferecendo conteúdo personalizado e interativo, como informações sobre produtos, serviços, eventos ou promoções;
  • fomentar o relacionamento com o cliente, enviando mensagens de boas-vindas, agradecimento ou lembretes;
  • aumentar as vendas online, segmentando os usuários por localização e oferecendo produtos ou serviços mais adequados às suas necessidades e preferências;
  • medir o retorno sobre o investimento (ROI), analisando os dados de localização dos usuários e avaliando o impacto das campanhas de marketing.

Para exemplificar melhor, uma empresa pode aplicar essa técnica da seguinte maneira:

  • enviar mensagens ou notificações push para os usuários que estão próximos ou dentro de um estabelecimento comercial, informando sobre promoções, novidades ou benefícios exclusivos;
  • segmentar os anúncios online de acordo com a região, o clima ou o horário dos usuários, mostrando produtos ou serviços que sejam mais adequados às suas necessidades e preferências;
  • criar campanhas de fidelização que recompensem os usuários que visitam frequentemente um local ou que realizam determinadas ações, como avaliar o serviço, compartilhar nas redes sociais ou indicar amigos;
  • integrar o marketing de geolocalização com outras ferramentas, como realidade aumentada, gamificação ou chatbots, para proporcionar uma experiência mais imersiva e interativa aos usuários.

Contudo, para utilizar essa estratégia de forma eficaz, é preciso ter em mente alguns cuidados, como:

  • respeitar a privacidade dos usuários, solicitando a sua permissão para acessar os seus dados de localização e informando sobre como eles serão utilizados;
  • oferecer valor aos usuários, enviando mensagens ou anúncios que sejam relevantes, úteis e não invasivos, evitando o excesso de comunicação ou a repetição de conteúdos;
  • analisar os resultados das campanhas, medindo indicadores como taxa de abertura, taxa de conversão, tempo de permanência, frequência de visitas, satisfação dos clientes, entre outros.

Quais as estratégias de segmentação por área geográfica?

gestora de óculos manuseia um tablet com símbolos de redes sociais flutuando acima dele.

Com o marketing de geolocalização, é possível criar campanhas de marketing mais precisas e relevantes para cada região. A segmentação por área geográfica é uma forma de dividir o mercado em grupos com base em sua localização, considerando fatores como região, país, cidade, clima, densidade populacional e outros aspectos. 

Essa segmentação permite que as empresas conheçam melhor o perfil e o comportamento dos consumidores em cada área e ofereçam soluções mais adequadas às suas necessidades e preferências. Algumas das estratégias que valem a pena destacar são:

  • Geotargeting: consiste em direcionar anúncios ou conteúdos para usuários de uma determinada localização, usando dados como endereço IP ou GPS. Uma empresa pode enviar um e-mail marketing com uma oferta exclusiva para os clientes que moram em uma determinada cidade ou bairro;
  • Geofencing: consiste em criar um perímetro virtual em torno de um local específico e enviar comunicações para os usuários que entram ou saem dessa área. Uma loja pode enviar uma notificação para os clientes que passam perto da sua localização, convidando-os a entrar e aproveitar uma promoção;
  • Geotagging: consiste em marcar um conteúdo com a informação da localização onde ele foi criado ou compartilhado. Um usuário pode fazer um check-in no Facebook em um restaurante ou publicar uma foto no Instagram com a localização de um parque;
  • Geofilters: consistem em filtros personalizados que podem ser aplicados a fotos ou vídeos com base na localização do usuário. O Snapchat oferece filtros exclusivos para cada cidade ou evento.

Essas estratégias podem ajudar as empresas a aumentar a relevância das suas campanhas, melhorar a experiência do cliente, gerar mais engajamento e fidelidade, além de otimizar o Retorno sobre o Investimento (ROI) do marketing.

LEIA MAIS: Aprenda a importância do trabalho em equipe para alcançar grandes resultados!

Quais as dicas para iniciar a implementação do marketing de geolocalização?

gestora negra conversa com cliente em uma mesa enquanto seguram copos de café.

Confira abaixo algumas dicas para iniciar a implementação do marketing de geolocalização na sua empresa.

Defina o seu público-alvo e os seus objetivos

O primeiro passo é definir o seu público-alvo e os seus objetivos:

  • Quem são os seus clientes potenciais? 
  • Onde eles estão localizados? 
  • O que eles procuram? 
  • Quais são as suas necessidades e desejos? 
  • Como a estratégia pode ajudá-los a resolver os seus problemas ou satisfazer as suas expectativas?

Além disso, é preciso definir quais são os seus objetivos com o marketing de geolocalização:

  • Aumentar as vendas? 
  • Atrair mais visitantes para a sua loja física? 
  • Fidelizar os clientes? 
  • Melhorar a experiência do usuário? 
  • Reforçar a sua marca?

Ao definir o seu público-alvo e os seus objetivos, você poderá criar campanhas mais eficientes e focadas.

Escolha as ferramentas adequadas

O segundo passo para implementar o marketing de geolocalização é escolher as ferramentas adequadas para coletar e utilizar os dados de localização dos usuários. Existem diversas ferramentas disponíveis no mercado, cada uma com suas vantagens e desvantagens. Algumas das mais populares são:

  • GPS: é a tecnologia mais utilizada para identificar a localização exata de um dispositivo móvel. Ele permite que as empresas enviem conteúdo personalizado para os usuários em tempo real, baseado na sua localização;
  • Wi-Fi: é uma tecnologia que utiliza a rede sem fio para identificar a localização aproximada de um dispositivo móvel. Ela permite que as empresas enviem conteúdo personalizado para os usuários quando eles se conectam a uma rede Wi-Fi específica, como em um shopping center ou em um restaurante;
  • Beacons: são dispositivos que emitem sinais Bluetooth de baixa energia para identificar a localização precisa de um dispositivo móvel. Eles permitem que as empresas enviem conteúdo personalizado para os usuários quando eles se aproximam ou entram em uma determinada área, como em uma loja ou em um estande;

Ao escolher as ferramentas adequadas, você deverá levar em conta o seu público-alvo, os seus objetivos, o seu orçamento e a sua infraestrutura.

Crie conteúdo relevante e personalizado

O terceiro passo para implementar o marketing de geolocalização é criar conteúdo relevante e personalizado para os seus usuários. O conteúdo deve ser adaptado à localização, ao perfil e ao comportamento do usuário, oferecendo valor e gerando engajamento. Alguns exemplos são:

  • anúncios: são mensagens publicitárias que podem ser exibidas em aplicativos ou sites, baseados na localização do usuário. Eles podem conter ofertas exclusivas, descontos especiais, cupons ou convites para eventos nas proximidades;
  • notificações push: são mensagens enviadas diretamente para o dispositivo móvel do usuário, baseadas na sua localização. Elas podem conter informações úteis, lembretes, alertas ou sugestões relacionadas ao local onde o usuário se encontra;
  • conteúdo geotagged: é o conteúdo que possui uma marcação geográfica, indicando o local onde foi criado ou compartilhado. Ele pode ser uma foto, um vídeo, um texto ou um áudio, que pode ser visualizado em um mapa ou em uma rede social. Ele pode ajudar a aumentar a visibilidade e a credibilidade da sua marca, além de estimular a interação dos usuários;
  • check-in: é o ato de registrar a presença em um determinado local, por meio de um aplicativo ou de uma rede social. Ele pode ajudar a divulgar a sua marca, a atrair novos clientes e a fidelizar os existentes, além de gerar dados sobre o comportamento e as preferências dos usuários.

Ao criar conteúdo relevante e personalizado, você deverá levar em conta o contexto, a relevância, a oportunidade e a permissão do usuário.

LEIA MAIS: Explore os diferentes tipos de clube de assinatura e inspire-se!

Monitore e avalie os resultados

O quarto e último passo para implementar o marketing de geolocalização é monitorar e avaliar os resultados das suas campanhas. É preciso medir o desempenho das suas ações, analisar os dados coletados e verificar se os seus objetivos foram alcançados. Algumas métricas que podem ser utilizadas para monitorar e avaliar os resultados são:

  • alcance: indica o número de usuários que foram impactados pelas suas campanhas;
  • conversão: indica o número de usuários que realizaram uma ação desejada após serem impactados pelas suas campanhas, como visitar uma loja física, realizar uma compra ou baixar um aplicativo;
  • retenção: indica o número de usuários que continuam engajados com a sua marca após serem impactados pelas suas campanhas, como repetir uma compra, indicar um amigo ou deixar uma avaliação;
  • ROI: indica o retorno sobre o investimento das suas campanhas, comparando os custos e os benefícios gerados.

Ao monitorar e avaliar os resultados, você poderá identificar os pontos fortes e fracos das suas campanhas, corrigir eventuais falhas e otimizar as suas estratégias.

Quais os principais benefícios e casos de sucesso do uso dessa estratégia?

Foto de mulheres fazendo compras.

O marketing de geolocalização pode trazer diversos benefícios para as empresas que desejam atrair e fidelizar clientes, aumentar as vendas e se destacar da concorrência.

O primeiro deles é a segmentação do público-alvo. Ao saber onde os usuários estão, as empresas podem enviar mensagens mais relevantes e adequadas ao contexto de cada um. Por exemplo, um restaurante pode enviar um cupom de desconto para os usuários que estão próximos ao seu estabelecimento na hora do almoço.

Outro benefício é a melhoria da experiência do cliente. As empresas oferecem soluções mais convenientes e personalizadas para os usuários, como o envio de informações sobre o trânsito, o clima, os eventos e as atrações locais. Além disso, essa estratégia pode criar um senso de proximidade e confiança entre a marca e o cliente.

Também podemos destacar a otimização dos resultados. Essa estratégia permite que as marcas acompanhem o comportamento e o desempenho dos usuários em relação às suas campanhas, como o número de visitas, o tempo de permanência, a taxa de conversão e o retorno sobre o investimento. Esses dados podem ajudar as empresas a ajustar suas estratégias e melhorar suas ações de marketing.

Existem vários casos de sucesso do uso do marketing de geolocalização por diferentes tipos de empresas. Um exemplo é o Starbucks, que utiliza essa técnica para enviar ofertas personalizadas para os usuários que estão próximos às suas lojas ou que já são clientes fiéis. O Uber utiliza essa técnica para facilitar o encontro entre os motoristas e os passageiros, além de oferecer serviços adicionais como o Uber Eats e o Uber Rewards.

Essa estratégia pode trazer muitos benefícios para as empresas que querem se conectar com seus clientes de forma mais efetiva e diferenciada. Para isso, é preciso planejar bem as campanhas, escolher as ferramentas adequadas e respeitar a privacidade dos usuários.

LEIA MAIS: Descubra como o Endomarketing pode impulsionar seus negócios!

Conclusão

O marketing de geolocalização é uma estratégia que utiliza a localização dos usuários para entregar conteúdo relevante e personalizado em dispositivos móveis. Ele permite que as empresas alcancem potenciais clientes de maneira mais pessoal e criem um vínculo mais próximo com eles. Para implementá-lo na sua empresa, é importante definir o público-alvo, escolher as ferramentas corretas, criar conteúdo relevante e monitorar os resultados.

Ao seguir esses passos, você colherá os benefícios da técnica, como aumentar as vendas, atrair mais visitantes para a sua loja física, fidelizar os clientes, melhorar a experiência do usuário e reforçar a sua marca. E, para conquistar ainda mais clientes, conte com as soluções da Kaledo! Gostou deste conteúdo? Então, descubra como o endomarketing pode impulsionar seus negócios!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar de:

0
Would love your thoughts, please comment.x