Logo Kaledo

Marketing inbound: o que é, como fazer e como usar clube de benefícios para fidelizar clientes

Mulher explicando sobre marketing inbound para colegas de trabalho.

Compartilhe:

Você já ouviu falar em marketing inbound? Essa é uma das estratégias mais eficientes para atrair, converter e fidelizar clientes na era digital. Mas você sabe o que é inbound, como ele surgiu, quais são seus benefícios e como aplicá-lo na sua empresa? 

E mais: você sabia que um clube de benefícios pode ser um grande aliado do marketing inbound na hora de encantar e reter seus clientes?

Neste artigo, vamos responder todas essas perguntas e mostrar como você pode usar essa estratégia para se destacar no mercado e conquistar a confiança e a lealdade dos seus clientes. Acompanhe!

O que é marketing inbound?

Executivos analisando gráficos de marketing inbound em reunião.

Marketing inbound é uma metodologia que visa atrair, converter e fidelizar clientes por meio de conteúdos relevantes, educativos e personalizados, que ajudam a resolver os problemas e as necessidades do público-alvo.

Ele se diferencia do marketing tradicional, também chamado de outbound, que usa técnicas mais invasivas e interruptivas para promover produtos ou serviços, como anúncios em TV, rádio, jornais, revistas, outdoors, telemarketing, etc.

O inbound é baseado na permissão do cliente, ou seja, ele consome o conteúdo porque quer e porque vê valor nele. Além disso, é focado no relacionamento com o cliente, buscando criar uma conexão duradoura e satisfatória.

Qual a origem do marketing inbound?

O termo foi cunhado em 2005 por Brian Halligan e Dharmesh Shah, fundadores da HubSpot, uma das maiores plataformas de automação de marketing do mundo. Eles perceberam que o comportamento do consumidor estava mudando com a internet e as redes sociais, e que as empresas precisavam se adaptar a essa nova realidade.

Em 2009, eles lançaram o livro “Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs”, que se tornou uma referência no assunto. No livro, eles explicam os conceitos e as etapas do marketing inbound, além de dar dicas práticas de como implementá-lo.

Quais as vantagens do marketing inbound?

Dois colegas de trabalho analisando gráficos sobre vantagens do marketing inbound.

O marketing inbound oferece diversas vantagens para as empresas que o adotam. Veja algumas delas:

  • Aumenta a visibilidade da marca: ao produzir conteúdos relevantes para o seu público-alvo, você aumenta as chances de ser encontrado nos mecanismos de busca e nas redes sociais, gerando mais tráfego para o seu site ou blog;
  • Gera autoridade e credibilidade: ao educar o seu público sobre o seu mercado, os seus produtos ou serviços e os seus diferenciais, você mostra que é um especialista no assunto e que pode ajudá-lo a resolver seus problemas ou necessidades;
  • Reduz o custo de aquisição de clientes: ao atrair clientes potenciais por meio do conteúdo, você reduz a dependência de mídias pagas e otimiza o seu orçamento de marketing;
  • Aumenta a taxa de conversão: ao nutrir os leads com conteúdos personalizados de acordo com o seu estágio na jornada de compra, você aumenta as chances de levá-los à decisão de compra;
  • Melhora a retenção e a fidelização de clientes: ao continuar entregando valor para os clientes após a compra, por meio de conteúdos educativos, suporte, feedback, etc., você melhora a sua satisfação e a sua lealdade, aumentando o seu lifetime value e reduzindo o churn;
  • Facilita a mensuração e a otimização de resultados: ao usar ferramentas de automação e análise de dados, você pode acompanhar o desempenho das suas ações de inbound e identificar os pontos de melhoria, ajustando as suas estratégias conforme as necessidades.

Saiba mais: Ferramentas de marketing: conheça as opções para impulsionar seu negócio!

Inbound Marketing X Outbound Marketing: entenda as principais diferenças

Você já sabe o que é inbound marketing, mas você sabe qual é a diferença entre inbound marketing e outbound marketing? Esses são dois conceitos fundamentais para entender as mudanças que ocorreram no mundo do marketing nos últimos anos.

O inbound marketing e o outbound marketing são duas formas de fazer marketing, mas com abordagens, técnicas e resultados diferentes. 

Outbound marketing é a forma tradicional de fazer marketing, que usa técnicas como anúncios em TV, rádio, jornais, revistas, outdoors, telemarketing, mala direta, etc. para promover produtos ou serviços para um público amplo e heterogêneo.

Ele é baseado na interrupção do cliente, ou seja, ele interrompe o que o cliente está fazendo para chamar a sua atenção e tentar convencê-lo a comprar. Além disso, o outbound marketing é focado na venda imediata, buscando gerar uma resposta rápida do cliente.

Nesse sentido, as principais diferenças entre inbound marketing e outbound marketing são:

  • Abordagem: o outbound marketing usa uma abordagem invasiva e interruptiva, enquanto o inbound marketing usa uma abordagem atraente e permissiva;
  • Público: o outbound marketing se dirige a um público amplo e heterogêneo, enquanto o inbound marketing se dirige a um público segmentado e qualificado;
  • Conteúdo: o outbound marketing usa um conteúdo genérico e promocional, enquanto o inbound marketing usa um conteúdo relevante e educativo;
  • Canal: o outbound marketing usa canais tradicionais e pagos, enquanto o inbound marketing usa canais digitais e orgânicos;
  • Objetivo: o outbound marketing tem como objetivo a venda imediata, enquanto o inbound marketing tem como objetivo a fidelização do cliente;
  • Custo: o outbound marketing tem um custo alto e variável, enquanto o inbound marketing tem um custo baixo e fixo;
  • Mensuração: o outbound marketing tem uma mensuração difícil e imprecisa, enquanto o inbound marketing tem uma mensuração fácil e precisa;
  • Resultado: o outbound marketing tem um resultado de curto prazo e decrescente, enquanto o inbound marketing tem um resultado de longo prazo e crescente.

Tanto o inbound marketing quanto o outbound marketing têm vantagens e desvantagens. Veja quais são elas:

  • Alcance: o outbound marketing permite alcançar um grande número de pessoas em pouco tempo;
  • Rapidez: o outbound marketing permite gerar resultados rápidos e imediatos.
  • Reconhecimento: o outbound marketing permite aumentar a visibilidade e a lembrança da marca;
  • Custo: o outbound marketing requer um alto investimento em mídias pagas;
  • Rejeição: o outbound marketing gera uma alta taxa de rejeição por parte dos clientes;
  • Concorrência: o outbound marketing enfrenta uma grande concorrência por espaço e atenção.

Como é a jornada do cliente no marketing inbound?

Homem apresentando resultados de marketing inbound para colegas de trabalho.

O marketing inbound se baseia na jornada do cliente, que é o caminho que ele percorre desde o primeiro contato com a sua marca até a compra e o pós-venda. A jornada do cliente no marketing inbound é dividida em quatro etapas: aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração da solução e decisão de compra.

Em cada etapa, o cliente tem um perfil, uma necessidade e um objetivo diferentes, e por isso precisa de conteúdos diferentes. Veja como funciona cada etapa e quais tipos de conteúdo são mais adequados para cada uma.

Aprendizado e descoberta

Nesta etapa, o cliente ainda não sabe que tem um problema ou uma necessidade, mas tem algum interesse ou curiosidade sobre um assunto relacionado ao seu mercado. O objetivo é atrair a sua atenção e despertar o seu interesse. Os conteúdos mais indicados são os que abordam temas amplos e educativos, como blog posts, ebooks, infográficos, vídeos, podcasts, etc.

Reconhecimento do problema

Aqui, o cliente já percebe que tem um problema ou uma necessidade que precisa ser resolvido ou atendido, mas ainda não sabe como. O objetivo é ajudá-lo a entender melhor o seu problema ou necessidade e mostrar que existe uma solução. Os conteúdos mais indicados são os que abordam os sintomas, as causas e as consequências do problema ou necessidade, como webinars, white papers, cases de sucesso, etc.

Consideração da solução

Nesta fase, o cliente já sabe qual é o seu problema ou necessidade e começa a pesquisar sobre as possíveis soluções disponíveis no mercado. O objetivo é apresentar a sua solução como a melhor opção para ele e destacar os seus diferenciais. Os conteúdos mais indicados são os que abordam as características, os benefícios e as vantagens da sua solução, como demonstrações, avaliações gratuitas, comparativos, depoimentos, etc.

Decisão de compra

Nesse estágio, o cliente já está pronto para comprar a solução que escolheu e só precisa de um empurrãozinho final. O objetivo é convencê-lo de que a sua empresa é a melhor escolha para ele e eliminar as suas objeções. Os conteúdos mais indicados são os que abordam as condições comerciais, as garantias e os incentivos para a compra, como propostas, orçamentos, cupons de desconto, etc.

Como criar uma estratégia de marketing inbound?

Pessoa bebendo café enquanto olha na tela do celular gráficos de estratégia de marketing inbound.

Para criar uma estratégia de marketing inbound eficaz, você precisa seguir alguns passos essenciais. Veja quais são eles:

Defina seus objetivos

Antes de começar a produzir conteúdos, você precisa saber o que quer alcançar com o marketing inbound. Por exemplo: aumentar o tráfego do site em 20%, gerar 100 leads por mês, aumentar as vendas em 10%, etc. Os seus objetivos devem ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais (SMART).

Conheça seu público-alvo

Produzir conteúdos que sejam relevantes e personalizados para o seu público-alvo, envolve conhecê-lo bem. Para isso, você pode criar personas, que são representações fictícias dos seus clientes ideais, com base em dados reais. As personas devem incluir informações como nome, idade, gênero, profissão, renda, hábitos, interesses, dores, necessidades, objetivos, etc.

Mapeie a jornada do cliente

Criar conteúdos que sejam adequados para cada etapa da jornada do cliente, requer mapeá-la e identificar quais são as dúvidas, as necessidades e os desafios que o seu público enfrenta em cada momento. Assim, você pode oferecer os conteúdos certos para atraí-lo, educá-lo e guiá-lo até a compra.

Crie um plano de conteúdo

Produzir conteúdos de forma estratégica e organizada, envolve criar um plano de conteúdo que defina quais são os temas, os formatos, os canais, as palavras-chave, as chamadas para ação e as métricas de cada conteúdo que você vai criar. Você pode usar uma ferramenta como um calendário editorial para planejar e agendar os seus conteúdos.

Produza e distribua os conteúdos

Criar conteúdos de qualidade e que gerem valor para o seu público-alvo, requer seguir algumas boas práticas, como usar uma linguagem clara e adequada ao seu tom de voz, usar títulos atrativos e otimizados para SEO, usar imagens e vídeos para ilustrar e enriquecer o seu texto, usar subtítulos e listas para facilitar a leitura, etc. 

Para distribuir os seus conteúdos, você pode usar canais como o seu site ou blog, as redes sociais, o email marketing, etc.

Monitore e analise os resultados

Para saber se a sua estratégia de marketing inbound está funcionando e quais são os pontos de melhoria, você precisa monitorar e analisar os resultados dos seus conteúdos. Para isso, você pode usar ferramentas como o Google Analytics, o Google Search Console, o Facebook Insights, etc. 

Você deve acompanhar métricas como o número de visitantes, o tempo de permanência na página, a taxa de rejeição, o número de compartilhamentos nas redes sociais, o número de leads gerados, a taxa de conversão, o custo por lead, o retorno sobre o investimento (ROI), etc.

Como a Kaledo pode ajudar com seu marketing inbound?

Se você quer implementar ou melhorar o seu marketing inbound, você pode contar com a ajuda da Kaledo, uma plataforma de clube de benefícios que oferece soluções para fidelizar e encantar os seus clientes.

Somos uma plataforma que permite que você crie e gerencie o seu próprio clube de benefícios, oferecendo vantagens exclusivas para os seus clientes, como descontos, cashback, sorteios, brindes, etc. Com a Kaledo, você pode:

  • Aumentar a satisfação e a lealdade dos seus clientes, oferecendo benefícios que agregam valor e geram economia para eles;
  • Aumentar a retenção e a recorrência dos seus clientes, incentivando-os a comprar mais vezes e a indicar o seu negócio para outras pessoas;
  • Aumentar o engajamento e o relacionamento com os seus clientes, criando uma comunidade de fãs e promovendo ações de marketing personalizadas;
  • Aumentar o seu diferencial competitivo, se destacando da concorrência e criando uma proposta de valor única para o seu mercado.

A Kaledo é uma plataforma fácil de usar, integrada com as principais ferramentas de automação de marketing e CRM do mercado, e com um suporte dedicado para te ajudar em todas as etapas do processo.

Saiba mais: Ações de engajamento e estratégias eficazes para clientes e funcionários.

Conclusão

O inbound marketing e o outbound marketing são duas formas de fazer marketing, mas com abordagens, técnicas e resultados diferentes. O inbound é a forma moderna e eficiente de atrair, converter e fidelizar clientes por meio de conteúdos relevantes, educativos e personalizados. O outbound marketing é a forma tradicional e invasiva de promover produtos ou serviços para um público amplo e heterogêneo.

Não existe uma resposta definitiva sobre qual é o melhor tipo de marketing para a sua empresa. Tudo depende dos seus objetivos, do seu público-alvo, do seu mercado, do seu orçamento e da sua estratégia. O ideal é que você faça uma análise das suas necessidades e oportunidades e escolha a melhor combinação entre o inbound marketing e o outbound marketing para o seu negócio. Gostou deste conteúdo? Então, aprenda mais sobre Marketing de Recompensa para engajar e fidelizar funcionários e clientes com estratégias eficientes!

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar de:

0
Would love your thoughts, please comment.x