Logo Kaledo

Remuneração variável: saiba seus benefícios e como implementar na sua empresa

homem segurando um cofre em formato de porquinho

Compartilhe:

A remuneração variável (RV) é uma forma de agregar a qualidade de vida dos funcionários de uma empresa, o incentivando e recompensando pelo seu trabalho por meio de premiações. 

É preciso que a empresa veja esse tipo de remuneração como um bônus, além do salário e benefícios, é uma forma de atrair e manter bons profissionais no seu time. Para colher os frutos dessa estratégia, o negócio precisa de planejamento e boa comunicação. Por isso, se você quer saber mais sobre a RV, é só continuar lendo!

Remuneração variável 

A remuneração variável é uma forma de recompensar a equipe de uma empresa e, de forma geral, precisa estar atrelada às metas. 

O que é remuneração variável 

Também chamada de RV, a remuneração variável é uma espécie de remuneração extra para os funcionários, o objetivo é recompensá-los pelo bom desempenho por meio da participação em clubes de vantagens, bônus anuais ou experiências.  

Existem alguns tipos de remuneração variável que já são bastante conhecidas e utilizadas por empresas, como a participação nos lucros. 

Importância da RV 

A remuneração variável é uma forma de estimular o esforço individual ou coletivo dos funcionários da sua corporação. Por isso, dentre os seus benefícios está, principalmente, o incentivo à produção e qualidade de entrega. 

Outra vantagem da RV é que ela pode ser utilizada como uma forma de atrair e reter talentos para as corporações, além de diminuir os custos fixos com o pagamento de encargos e salários.

Como funciona a remuneração variável

A remuneração variável é um programa de recompensa. Existem várias formas de fazer isso e tudo vai depender da estratégia de cada empresa. De forma geral o programa incentiva a entrega de bons resultados baseando-se em metas pré-definidas. A seguir, conheça os tipos de RV.

Tipos de RV

A variedade de RV permite que a empresa opte pela que melhor se encaixa no porte da empresa, assim como sua cultura e planejamento. 

Remuneração por competência

A remuneração por competência é aquela onde os funcionários são premiados de acordo com o avanço do seu conhecimento técnico e nível de especialização. É uma maneira muito interessante de estimular a melhoria contínua do time e, com isso, a empresa pode diminuir a taxa de rotatividade, uma vez que o funcionário saberá que está sendo reconhecido e poderá ver vantagens em obter conhecimento, além de subir de cargo. 

PPR e PPL

Regulamentado pela lei 10.101/2000 a PLR, Programa de Participação nos Lucros e Resultados, é um tipo de remuneração variável onde a empresa compartilha os lucros obtidos dentro de um período com os seus funcionários. Nela, os valores pagos para cada colaborador podem ser diferentes, de acordo com sua performance.

Já o PPR, Plano Poupança Reforma, é um produto financeiro que rentabiliza o dinheiro do funcionário a longo prazo, com condições mais vantajosas do que a poupança comum. 

Comissões

A comissão geralmente é mais utilizada para motivar vendas. É um incentivo financeiro para cada funcionário que cumpre suas metas e, assim, além de incentivá-los, ajuda a aumentar os resultados da empresa. 

Campanhas de incentivo e premiações

Campanhas de incentivo e premiações são uma maneira de estimular, principalmente, equipes de vendas. Da mesma forma como a comissão, ela premia colaboradores que atingirem determinadas metas e pode ser desde a concessão de brindes, como bônus, folgas ou descontos na compra de produtos ou serviços da própria empresa ou de marcas e/ou empresas parceiras. 

Participações acionárias

Nesse tipo de remuneração variável, os funcionários podem ser acionistas da empresa. É uma RV que dá resultados mais a médio e longo prazo, mas estabelece uma conexão mais duradoura para os funcionários, além de os manterem mais engajados. 

Recompensa com experiências

Reconhecer o trabalho dos funcionários com experiências é uma estratégia que visa estimular o lado emocional deles, promovendo diversão e, consequentemente, um melhor bem-estar. Como exemplo podemos citar o ganho de viagens, refeições em restaurantes ou ingressos para parques e festivais de música. 

Veja aqui como colocar a valorização profissional em prática na sua empresa!

Remuneração fixa x Remuneração variável: qual a diferença? 

É preciso entender que o salário em si não é remuneração do funcionário, isso porque o salário é uma obrigação estabelecida pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), ele é a base da remuneração. Nesse sentido, a remuneração fixa trata-se dos adicionais, como o adicional noturno, vale-alimentação, plano de saúde e vale-transporte, chamados de “benefícios”. 

Já a remuneração variável não é uma obrigação, um benefício que faz parte do salário, mas sim uma maneira de recompensar os funcionários de uma empresa. Ao contrário dos benefícios citados acima, a RV não precisa ser dada para o colaborador mensalmente e está atrelada ao desempenho individual ou coletivo dos funcionários. 

Regulamentação da remuneração variável 

A remuneração variável no Brasil é regulamentada por lei e está estabelecida na Constituição Federal, inciso XI do artigo 7. 

A empresa não deve cobrar nem pagar imposto nem taxa adicional sobre os valores da RV. De acordo com a Lei nº 13.467/2017, a corporação está isenta de pagar encargos sobre eles. 

Aprenda a calcular a RV

Para calcular a remuneração variável na folha de pagamento é preciso que a empresa esteja alinhada com as leis trabalhistas. Além disso, a empresa pode considerar alguns pontos essenciais como os descritos a seguir:

  • Distribuição: é indicado considerar o saldo líquido que a empresa obteve em um determinado período, principalmente no caso de RVs como PLR;
  • Valor alvo: dependendo da meta que a corporação estabelecer, é indicado que haja um valor previsto para conceder ao colaborador.

Vantagens e desvantagens da remuneração variável para sua empresa

As vantagens da remuneração variável são diversas, além de incentivar a produtividade e qualidade da entrega e/ou serviço entre os funcionários de uma empresa, podemos citar:

Vamos considerar agora os principais benefícios de um programa de remuneração variável:

  • Crescimento e desenvolvimento da cultura de meritocracia;
  • Diminuição de despesas;
  • Maior engajamento individual ou em grupo;
  • Atração e retenção de talentos;
  • Diminuição de turnover (rotatividade).

No entanto, se a sua empresa não planejar bem um programa de incentivo baseado na remuneração variável, ela poderá ser vítima de algumas das desvantagens da RV, como:

  • Colaboradores focarem em quantidade e deixar de lado a qualidade (principalmente se as retas forem exclusivamente baseadas em números);
  • Prejudicação do clima organizacional se as metas forem muito altas ou envolverem algum tipo de competitividade;
  • Diminuição da motivação se a empresa conceder premiações que não impactem positivamente o funcionário ou se a compensação for sempre a mesma.

Passo a passo para implantar a RV na sua empresa

Agora que você já sabe o que é e a importância de adotar a remuneração variável dentro de uma corporação, veja os passos para implementá-la com sucesso e, assim, colher bons resultados!

Conheça a legislação vigente  

É preciso que os setores financeiros e de recursos humanos da empresa conheçam as normas da legislação sobre o programa de incentivo a ser adotado. 

Estabeleça indicadores de desempenho(KPI’s)  

Os indicadores de desempenho é o que vai permitir a avaliação da performance dos funcionários. Afinal, se não houver métrica, como saber quais funcionários e quando premiar? 

Além disso, é preciso que a empresa alinhe muito bem esses Indicadores-Chave de Desempenho (Key Performance Indicators) com os funcionários, explicando como eles serão mensurados. Dessa forma, evitará frustração e desalinhamento na comunicação entre todos. 

Defina os objetivos

Depois de decidir quais serão os indicadores de desempenho, é indicado que a empresa saiba quais ferramentas serão usadas para realizar a avaliação.  

Nessa etapa, para cada meta é indicado que a empresa defina um nível de importância, assim, ao fazer a somatória a empresa vai determinar a porcentagem de alcance da meta em um determinado período. 

Escolha o tipo de remuneração variável

Nessa etapa a empresa precisa analisar os tipos de remuneração variável. Aqui o RH tem uma participação muito importante, pois o perfil dos funcionários poderá ajudar nessa escolha. Uma boa alternativa é fazer uma pesquisa interna para descobrir o que os colaboradores mais valorizam. 

Como citamos mais acima, dentre as opções estão:

  • Clube de vantagens;
  • Experiência;
  • Remuneração por competências;
  • Remuneração por função
  • Reconhecimento social.
  • Acompanhe os resultados

Por fim, de nada adianta criar um programa de remuneração variável se a empresa não acompanhar os resultados. Isso é essencial para saber se as coisas estão funcionando da maneira planejada. 

A dica é calcular o ROI, Retorno sobre Investimento. Dependendo da situação, o resultado do ROI pode ser um valor positivo ou negativo e a fórmula do seu cálculo é a seguinte:

ROI = (ganho obtido – investimento inicial ) / investimento inicial

Dicas do que não fazer em um programa de RV

Apesar de levar muitos benefícios para uma empresa, a remuneração variável também tem desvantagens. Muitas delas acontecem por falta de alinhamento e planejamento da empresa, como o excesso de pressão. Para que isso não se torne realidade na sua corporação, veja algumas dicas do que não fazer. 

Focar somente na parte financeira 

É preciso que a empresa não foque excessivamente na parte financeira, ou seja, o quanto foi investido, e acabe olhando apenas para esse aspecto. 

Aumentar a carga de trabalho

Ao olhar apenas para a parte financeira a empresa pode acabar cobrando muito dos funcionários os sobrecarregando. Fazer isso vai acabar prejudicando o engajamento e produção do seu time, e pode até causar pedidos de demissões, justamente o efeito contrário da remuneração variável.

Falhar na comunicação

É importante que a empresa comunique de forma mais clara possível como a remuneração variável acontece, explicando as metas, KPIs e qual será a premiação. Principalmente se houver alguma mudança, é fundamental que todos estejam cientes. 

Pressionar demais 

Colocar muita pressão nos funcionários é visto por muitas empresas como uma forma de incentivá-los a receberem a remuneração variável. Mas é preciso ter muito cuidado com isso, pois pode fazer com que eles fiquem desmotivados. 

Estabelecer metas inalcançáveis 

É claro que a remuneração variável é uma forma de fazer a equipe alcançar as metas, mas para isso é necessário que elas sejam alcançáveis. Os objetivos podem ser desafiadores, mas não irrealistas. 

Não cumprir com o combinado 

É fundamental que a empresa cumpra com o que combinou com seus funcionários. Por exemplo, se foi prometido que o colaborador seria premiado se atingisse pelo menos uma parte da meta, é preciso que isso seja feito. Nesse sentido, procure sentar e conversar com todos caso haja algum problema que impeça a premiação de acontecer no prazo estipulado. 

Conclusão

A remuneração variável é muito importante para que a empresa cresça de uma forma sustentável e, assim, possa atingir suas metas de uma forma mais leve, incentivando os colaboradores a darem o seu melhor. 

Além disso, um programa de incentivo faz com que o profissional sinta-se pertencente a empresa e encare as metas como desafios que também o farão crescer.

Então, sua empresa está preparada para colocar a estratégia em prática? Então considere um clube de descontos como remuneração variável. A Kaledo, por exemplo, é uma plataforma que oferece condições exclusivas de descontos, cashback e soluções de crédito para seus colaboradores. 

Trabalhamos com mais de 250 marcas do Brasil, com benefícios em educação, lazer, alimentos, bebidas, produtos e serviços. Venha conhecer melhor a Kaledo e incentive seus funcionários por meio de um clube de vantagens! 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar de:

0
Would love your thoughts, please comment.x